MAPA 1772 – O INÍCIO
TODOS OS PASSOS LEVAM AO PAÇO
DO ARQUIPELAGO AO CONTINENTE: VIDA À FRENTE
PRISMA ALEGRE DE PORTO
Praça da Alfandega em 1930
Igreja Menino Deus em 1930
Ponte de Pedra em 1848
Auditório Araújo Vianna em 1927
Praça da Matriz em 1779
Mercado Público em 1869
PORTOALEGRISMO: A SOMA DE TODOS OS BAIRRISMOS
foto Ana Laggazio I
foto Ana Laggazio II
foto Ana Laggazio III

Portoalegrismo:

a soma de todos os bairrismos

Maria Rita Caminhos Culturais apresenta a exposição que homenageia os 250 anos de Porto Alegre.

São 12 tapeçarias, executadas na técnica de tapeçaria de recorte que contam esta história.

 

Artista convidada:  Francisca Duarte Dallabona

 

Participantes:
Ana Perrone
Christy E. Schmitt
Dinorá Bohrer Silva
Deijanira Eli Carneiro de Almeida 
Eliane Sthalberg
Lenir Romero
Liliana Moeller
Maria Luiza Pizzato
Maria Rita Webster
Marília Perrone Lindemann
Nina Rosa Klein
Rachel Tamar Gurski

 

Existem incontáveis maneiras de homenagear Porto Alegre. A nossa é cartografar o que nos emociona para que todo mundo veja a cidade que a gente mais festeja.

Para esta exposição fizemos um passeio cronológico. Começamos com:

“Do arquipélago ao continente: vida pela frente” que marca um momento histórico, a vinda dos casais açorianos. Povoaram nossa terra e imaginação.

"O mapa de 1772" que sinaliza o início e apresenta o plano definitivo para alinhamento de ruas e lugares.

“Portoalegrismo: a soma de todos os bairrismos." Compõem o mapa onde todos se localizam. Habitamos a alegria e ela nos habita.

 Neste intervalo, uma história a celebrar: 250 anos de Porto Alegre.

"Um passeio pelo passado:" assim avançamos até o início do século XX. Daquela época revivemos cenas do cotidiano. Estamos em casa.

"Um rio de gente, uma onda de fé." O amor pelos festejos religiosos, herança açoriana, se manifesta. Seguimos a procissão dos navegantes.

"Todos os passos levam ao paço" – A prefeitura e o mercado são ícones do cenário da capital. Aqui nos sentimos centralizados.

"Prima Alegre do Porto" – A margem do Guaíba ancoramos nosso olhar.  O perfil do centro emoldura o cais, muito prazer em contemplar.



visitação: até 08 jul 2022
seg a sex, das 9h às 12h e das 13h30 às 17h

 

Pinacoteca Aldo Locatelli
Praça Montevidéu, 10
Centro Histórico - Porto Alegre


 

Maria Rita Webster
Whatsapp 51 9 99716406

 EXPOSIÇÕES ANTERIORES 

o despertar das formas >

de iberê a maqui >

notas de subsolo >

xxv Salão de Desenho para Imprensa >

 

Pinacoteca Aldo Locatelli

Paço dos Açorianos

Praça Montevidéu, 10

Centro Histórico - Porto Alegre

fone: [55] (51) 3289-3735 

Segunda à sexta-feira

9h às 12h • 13h30 às 17h

 

AÇÕES EDUCATIVAS

AGENDAMENTOS

Visitas guiadas às exposições da Pinacoteca Aldo Locatelli podem ser agendadas:

acervo@portoalegre.rs.gov.br

[55] (51) 3289-3735

VISITA GUIADA

Visita de uma turma do Projovem Adolescente / FASC em 21 de março de 2018.

 

Veja o vídeo >

 
 

HISTÓRIA DA

COLEÇÃO

Conheça a história da Pinacoteca Aldo Locatelli.

HISTÓRIA DO PAÇO

Conheça a história do Paço

 
 

A Associação das Pinacotecas de Porto Alegre – AAPIPA-  foi fundada em 2016 por um pequeno número de cidadãos  dispostos a uma tomada de ação efetiva em prol do desenvolvimento e difusão do circuito das artes na cidade de Porto Alegre. Seu engajamento se materializa no apoio as ações  e projetos das Pinacotecas Ruben Berta e Aldo Locatelli da Secretaria da Cultura da capital gaúcha e da Pinacoteca Fundacred em vias de passar á administração municipal por comodato. A AAPIPA estimula por meio do trabalho de seus associados o exercício do voluntariado, e na medida que propõe e co-executa projetos e eventos de interesse das pinacotecas e da população cultiva o desenvolvimento do empreendedorismo cultural.

 

COMO

PARTICIPAR

DIRETORIA

PRESIDENTE

Heitor Luis Beninca Bergamini

VICE-PRESIDENTE

Sandra Marisa Esteve Echeverria