EM cartaz
60 ANOS NO FUTURO
Atelier Livre e o artista-professor


O futuro é o tempo que não é, mas nunca deixou de ser, dizia o intelectual mexicano Octavio Paz. É esse adágio, uma espécie de espírito do tempo, que nos facilita entender o papel do Atelier Livre Xico Stockinger da Prefeitura de Porto Alegre para o fazer, o saber e o ser artista, quando fincou os pés-raízes no chão em 1961.
O Atelier teve dificuldades em ser sonho, sempre foi sólido, sempre a mão na pedra, no metal, no desenho, o avental empoeirado, o suor, a aspiração e muita, muita inspiração. É quase impossível hoje, quando lançamos o olhar a partir do presente, ver a arte produzida na cidade ao longo dos últimos 60 anos, sem encontrar a marca ou a influência do Atelier Livre.
Assim, pode-se dizer que os artistas-professores e os alunos-artistas, deram  no dia a dia, na visão encoberta pelo cotidiano, passos para o futuro. O Atelier é um grande centro produtor e escola de arte. Ou melhor, o Atelier atua num tempo que não passa, está sendo, afinal o futuro está logo ali.

Contando exclusivamente com obras da Pinacoteca Aldo Locatelli, a exposição “60 Anos no Futuro” visa abarcar a importância do Atelier, tendo como recorte o trabalho desenvolvido por seus artistas-professores ao longo dos anos, desde seus fundadores até os mestres atuais. São técnicas variadas, bem como temáticas diferenciadas, mas mesmo sendo 60 anos tempo suficiente para que o país tenha passado por inúmeras mudanças, vê-se que as obras apresentadas não são “datadas”. Expressam toda a dimensão humana, nas angústias e esperanças, transcendendo o período em que foram produzidas.

60 ANOS NO FUTURO Carrossel instagram_Prancheta 1
AL_890
AL_897
AL_329
2
4
3
5
6
8
7
9
12
11
10
15
14
13

 EXPOSIÇÕES ANTERIORES 

RAIZ QUE SE ALASTRA
acervo dialogado
artistas mulheres: tensões e reminiscências >
claudia paim: corpopaisagem >
ÁSPERA MELODIA | Carlos Asp: 70 anos >
O que vemos, oque nos fala >
lento crepúsculo >
aterro >
O MODERNO QUE EU FAÇO >
O tempo das coisas - modulo 2 >
A VENTURA DO MODERNO - 2017/2018 >
 

VISITAÇÃO / CONTATO

Pinacoteca Ruben Berta

Rua Duque de Caxias 973

Centro Histórico - Porto Alegre 
fone: [55] 
(51) 3289-8292

Segunda à sexta-feira

das 10h às 12h

e 13h às 18h

(último acesso às 17h30)

  • Blogger - Círculo Branco
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle

AÇÕES EDUCATIVAS

A VENTURA DO MODERNO

Visitas guiadas à exposição em cartaz na Pinacoteca podem ser agendadas.

CONTATO:
educativo.pinacotecaspoa@gmail.com

[55] (51) 3289-8291

 

A Pinacoteca Ruben Berta guarda, conserva, restaura, divulga e promove o acervo doado em 1971 pelos Diários Associados ao Município de Porto Alegre, desenvolvendo também atividades de fomento à produção artística local, à pesquisa, ao ensino e à formação de público em artes visuais.

COLEÇÃO

 
 

HISTÓRIA DA

COLEÇÃO

Conheça a história da Pinacoteca Ruben Berta.

HISTÓRIA DA

CASA

Uma biografia para a Casa da Duque.

 

PUBLICAÇÕES

Utilize o Adobe Reader para uma melhor experiência.

Sem%2520t%25C3%25ADtulo_edited_edited.jp
 

A Associação das Pinacotecas de Porto Alegre – AAPIPA-  foi fundada em 2016 por um pequeno número de cidadãos  dispostos a uma tomada de ação efetiva em prol do desenvolvimento e difusão do circuito das artes na cidade de Porto Alegre. Seu engajamento se materializa no apoio as ações  e projetos das Pinacotecas Ruben Berta e Aldo Locatelli da Secretaria da Cultura da capital gaúcha e da Pinacoteca Fundacred em vias de passar á administração municipal por comodato. A AAPIPA estimula por meio do trabalho de seus associados o exercício do voluntariado, e na medida que propõe e co-executa projetos e eventos de interesse das pinacotecas e da população cultiva o desenvolvimento do empreendedorismo cultural.

 

COMO

PARTICIPAR

DIRETORIA

PRESIDENTE

Heitor Luis Beninca Bergamini

VICE-PRESIDENTE

Sandra Marisa Esteve Echeverria