exposições anteriores

Secretaria Municipal da Cultura, Coordenação de Artes Plásticas e AAPIPA apresentam:

ATERRO
Daniel galera, Marina Camargo e Romy pocztaruk

A reflexão sobre as cidades é o ponto de partida da exposição “Aterro”. A curadoria sobre obras dos acervos das pinacotecas Ruben Berta e Aldo Locatelli foi pensada em três momentos: a paisagem da natureza (onde a natureza selvagem ou nativa é dominante), a paisagem construída (onde o ambiente urbano e natural se misturam) e a abstração da paisagem (onde as formas não-figurativas projetam um momento posterior da natureza ou da representação).

A pintura “Passeio ao longo do rio apreciando as flores das ameixas” de Chang Dai-chien é uma passagem enigmática nesse conjunto de obras. Nela, uma pessoa navega sozinha em um pequeno barco, de onde observa a paisagem ao mesmo tempo em que se mistura a ela. A paisagem parece transformar-se ora em uma abstração ora em uma espécie de visão, como se testemunhássemos um presságio de algo que se aproxima.

A curadoria das obras desses dois acervos dialoga com o trabalho inédito dos artistas Daniel Galera, Marina Camargo e Romy Pocztaruk. O vídeo “Aterro” é um trabalho desenvolvido em conjunto pelos três artistas. Uma sequência de imagens de arquivo constrói a narrativa visual sobre um mundo já destruído, sendo acompanhada por um texto ficcional sobre a relação de um homem com uma cidade. A atmosfera de destruição, situada em um tempo futuro, é seguida por um retorno à natureza, onde um ecossistema seguiria existindo independente da presença humana na Terra.

O vídeo projeta então uma outra visão sobre as obras em exposição: seriam essas representações da natureza um registro de um passado idílico ou seriam uma projeção de um futuro distópico?


 

Marina Camargo

Porto Alegre, outubro de 2018

de 15/10/2018 a 23/11/2018

© 2018. Criado por didijuca.com para PINACOTECAS DE PORTO ALEGRE.